quinta-feira, 1 de agosto de 2013

MANUAL DE OBRAS PÚBLICAS #1 - O Início




A partir de hoje, os segredos obscuros do superfaturamento serão revelados. Semanalmente, publicaremos nesse espaço uma parte do livro negro da corrupção na excecução de obras públicas no Brasil. Uma obra que circula nos bastidores da política brasileira há decadas, e que agora se tornará pública e acessível a todos aqueles que pretendem ingressar na pólítica nacional e garantir os seu.
Seja bem vindo a uma viagem sem volta.


MANUAL DE OBRAS PÚBLICAS
Como lucrar com obras superfaturadas e sair impune
Por Milas Paulo Liar

171ª edição
____________________________________

Prefácio

O documento que você está prestes a ler foi elaborado com todo o cuidado por um dos mais talentosos e competentes administradores do Brasil. Milas Paulo Liar , filho de imigrantes turcos, é formado em engenharia e dono de uma carreira política invejável, já foi Secretário Municipal, Prefeito e Governador. Em todos os seus mandatos demonstrou sua maestria na execução de obras públicas, se destacando por técnicas apuradas de superfaturamento e desvio de recursos.
Este manual pretende servir de apoio a você, administrador público iniciante que ainda não tem a experiência e conhecimento em como conseguir seu enriquecimento ilícito sem risco de ser preso. O autor é uma referência a todos portadores de mandato eletivo que pretendem ingressar nos meandros do superfaturamento.
Então, dispa-se de todos os seus pudores e resquícios de humanidade e honestidade e mergulhe de cabeça no mundo de corrupção e falcatruas.
JOSEPH SARNS

____________________________________

INTRODUÇÃO

Antes de adentrarmos à parte prática desta obra, é necessário que alguns conceitos sejam salientados. Pois, quando tratamos de obras públicas, a palavra de ordem número um é: gastar. E, nesse contexto, alguns termos ganham um novo significado, adaptados à situação do administrador público cuja prioridade é o desvio de recursos, a qual, no entanto, não pode ser revelada ao grande público. Acompanhe abaixo:
$        Material de qualidade: material mais barato, independente da qualidade, que possa ser comprado por determinado valor, mas cuja nota fiscal seja emitida com o preço do material mais caro do mercado acrescido de 20%.
$        Profissional qualificado: amigo ou parente distante o qual você confie inteiramente e que não tenha problemas com atos ilícitos e falta com a verdade.
$        Fornecedor: empresa sediada no Brasil, cuja situação financeira seja ruim e cujos donos estejam dispostos a emitir notas fiscais com valores compatíveis à sua prospecção de desvio.
$        Laranja: indivíduo com baixa renda e baixa escolaridade, preferencialmente analfabeto, que assine alguns papeis sem fazer perguntas por uma quantia pífia em dinheiro. O sujeito deve saber guardar segredo, ainda assim, ser informado o mínimo possível sobre a operação.
$        Licitação bem planejada: procedimento licitatório de natureza fraudulenta cujos vencedores sejam previamente conhecidos pelo administrador.
Os conceitos acima descritos são os principais a serem conhecidos, e primordiais para que sua obra superfaturada seja bem sucedida e não descoberta. Outros termos poderão figurar este tomo, e serão oportunamente explicados.
Antes de partimos para o capítulo 1, deve ficar claro que os conhecimentos aqui compartilhados devem ser mantidos em sigilo, e não serer divulgados fora de seu circulo de confiança (o circulo de confiança será abordado em um capítulo específico).
Seja bem vindo ao maravilhoso mundo do enriquecimento ilícito.
Na próxima semana, o Capítulo 1.
Se preferir, leia abaixo ou baixe o arquivo pdf  AQUI.

Um comentário:

  1. é dose, né Samuel, ver nosso dinheiro indo pelo ralo.
    bjus

    ResponderExcluir